PROJETO CORPO HUMANO




Duração: 1 mês e meio
Público Alvo: Alunos da Educação Infantil

 Objetivos:
·        Identificar todas as partes do corpo;
·        Conhecer as partes do corpo;
·        Reconhecer os sentidos;
·        Identificar e diferenciar as partes do próprio corpo com as partes do corpo dos amigos;
·        Vestir-se e desvestir-se sozinhos.
·        Conhecer a importância e a necessidade de se ter uma boa higiene;
·        Relacionar Higiene e prevenção de doenças;
·        Aprender como se pode ter uma boa higiene;
·        Cultivar Hábitos saudáveis;
·        Identificar os diferentes produtos de Higiene;
·        Observar a falta de Higiene nos diferentes ambientes;
·        Produzir cartazes sobre limpeza e higiene ambiental na escola;
·        Trabalhar a expressão corporal e os cuidados com o corpo;
·        Desenvolvimento da criatividade;
·        Desenvolvimento de atividades lúdicas.

 Sugestões de Atividades

·        Estimular as crianças a: rolar, agarrar, sentar, engatinhar, andar em um pé só, andar sobre linhas – Trabalhando assim atividades de Psicomotricidade;
·        Estimular o raciocínio e a atenção;
·        Estimular a Socialização
·        Estimular as crianças a explorar todos os 5 sentidos de forma abrangente.
·        o professor deve orientar, com uma música clássica ao fundo, que os alunos, de olhos fechados, toquem cada parte do corpo: cabeça, cabelos, rosto, braços, mãos, pernas, pés, barriga etc.
·        Em seguida, cada aluno deitará em uma folha grande o suficiente para que a professora ou os colegas contornem o perfil do seu corpo;
·        Todos com seus perfis contornados deverão completar a figura de seu corpo acrescentando detalhes que o identifiquem;
·        É interessante que tenha um espelho grande, onde o aluno consiga se ver inteiro e observe cada detalhe antes de desenhar;
·        Concluir com a montagem de um mural com os auto-retratos do tamanho natural das crianças.
·        Num segundo momento o professor deve conversar de forma informal sobre cada parte do corpo: boca, nariz, orelhas, braços, mãos, tronco, pernas, pés... Para que servem? – O professor deve provocar as crianças com esta pergunta para cada parte do corpo que for citada.
·        Deixar que os alunos se expressem livremente, fazendo as devidas colocações e orientações.
·        Ao fim da conversa sugerimos o trabalho com as músicas já bastante conhecidas em sala de aula, as quais as crianças adoram

1 - Cabeça, ombro, joelho e pé.
2 - Pop Pop:
3 -  Remexo:
·        É interessante apresentar um cartaz com as partes do corpo e deixar fixo na sala de aula.
·        Montar bonecos articulados com as crianças, fazendo-as pintar, e deixar que brinquem a vontade por algum tempo – Modelos em anexo.

Os Sentidos...

Já tendo explorado bastante as partes do corpo, observado no espelho, dançando, tocando-o, relaxando... Passar para a segunda fase do projeto: Explorar os sentidos.

·        Visão: Mostrar figuras coloridas pequenas, médias e grandes; figuras preta e brancas pequenas, médias e grandes; mostrar de longe, de perto, de muito perto – sempre perguntando o que estão vendo e como. Provocar os alunos para que percebam a importância da visão. E repetir a pergunta: Para que servem nossos olhos?

·        Audição: Brincar de identificar sons de instrumentos, da natureza,vozes, barulhos em geral; falar bem baixinho, falar alto, propor que todos sussurrem, gritem, fiquem em silêncio. Enfim, através de diversas brincadeiras provocar para que percebam a importância dos ouvidos e da audição. Repetir a pergunta: Para que servem nossos ouvidos?

·        Olfato: Brincar de distinguir diferentes cheiros de olhos vendados – Dizer cheiros que agradam e os que desagradam - provocando-os até perceberem a importância de nosso nariz, de nosso olfato.

·        Paladar: Brincar de provar diferentes tipos de alimentos de olhos vendados – provocando-os até perceberem a importância da língua, de nosso paladar.

·        Tato: Brincar de sentir diferentes texturas: algodão, lixa, esponja, água fria, água morna, gelo etc.) – provocando-os até perceberem a importância do tato, de sentir o toque. O professor pode criar uma caixa fechada com um buraco apenas para caber as mãos das crianças, e dentro dela devem conter diferentes materiais onde poderão tocar e dizer o que sentem se é macio ou áspero. Outra brincadeira legal é: de olhos fechados, descobrir em que parte dos eu corpo o colega está tocando.

Brincar com o corpo e com os sentidos...

O professor deve propiciar atividades diversas de Psicomotricidade:

·        Pular em um pé som ao ritmo de uma música;
·        Andar em cima de uma linha traçada no chão com uma bola na mão;
·        Subir e descer escadas ao ouvir determinados sons;
·        Engatinhar, saltar, com ritmo ou livremente;
·        Virar cambalhota com auxílio do professor em um colchonete;
·        Vestir e desvestir-se, com a roupa pedida, a cada ordem do professor;
·        Dançar em diferentes ritmos;
·        Pular entre bambolês;
·        Imitar animais;
·        Andar em curvas;
·        Arremessar e agarrar bolas;
·        Brincar de Chefinho mandou;
·        Brincar de Morto-Vivo;
·        Brincar de Estátua;
·        Brincar de cabra-cega;
·        E inúmeras outras atividades de acordo com a necessidade da turma, material disponível, tempo e desejo do professor...

Sempre é bom...

·        Trabalhar com parlendas, adivinhas, trava-línguas;
·        Desenhar livremente ou de maneira orientada – Exemplo: Desenhe seus olhos.
·        Trabalhar pesquisas. Deixar que as crianças recortem e colem diferentes figuras de corpo humano;
·        Usar as cantigas e brincadeiras de roda;
·        Modelar bonecos, procurando colocar todas as partes do corpo;
·        Criar um boneco do tamanho das crianças feito de sucata – Nomeá-lo, listar suas características de personalidade e caráter, cada parte do corpo que for sendo criada o professor aproveita para revisar tudo que já trabalharam.

Videos mais exibidos no Youtube

Loading...

REGISTRE-SE NO BLOG !

INSCREVA-SE PARA RECEBER AS NOVIDADES DO BLOG